Notícias

Empresa convoca piumhienses para criar programa de educação ambiental

Educação Ambiental

11:17:29, JAN 01, 2020 Fonte:

Na noite de terça-feira, 14, em Piumhi, a empresa AB Nascentes das Gerais convocou uma reunião com moradores dos bairros Nova Piumhi, Capoeira e Olinda. O objetivo do encontro é a criação de um programa de educação ambiental que tenha participação democrática da comunidade.


Inês Noronha, responsável da empresa Socioambiental Projetos, relatou que a participação da comunidade é importante para que “ela possa caminhar mais sozinha com esse programa de educação ambiental e possa ter ações positivas para o seu bairro”. Dessa forma, Inês afirmou que “esse é o objetivo dessa nossa construção, desse nosso encontro, para que a gente possa ouvir os atores sociais, os formadores de opinião, o que a gente chama de ‘stakeholders’ da comunidade”.


Com a presença de cerca de 30 moradores, o discutido na reunião foram as obras que a AB Nascentes das Gerais realizará na MG-050 ao longo do trecho que compreende o Posto Brazinho até o Restaurante Centenário. Essa conversa abrangeu os impactos ambientais, sociais e econômicos que essas obras causarão, ouvindo as opiniões positivas e negativas dos moradores.

 

Depoimentos


A moradora do bairro Nova Piumhi e presidente do Sindicato dos Servidores Públicos (Sempre) de Piumhi, Rosélia Silveira, disse que ouvir a população é extremamente importante, dessa forma, “essas obras vão ter um impacto minimizado em relação aos moradores, porque tudo aquilo que você ouve, da parte mais interessada que somos nós, moradores, com certeza o resultado é maior”.

 

A presidente do Sempre exemplificou um caso em que a população não foi ouvida, o que causou transtornos. “Na época que foi elaborado o projeto, não ouviram a comunidade, e um dos anseios nossos era essa passarela, para minimizar o risco da travessia da rodovia. E, com isso, a reivindicação dos moradores da época, com a insatisfação do projeto inicial, a passarela foi construída”.


Durante a reunião, foi feito também um diagnóstico e esboço do projeto de Educação Ambiental. A proposta será primeiramente apresentada pela empresa Socioambiental Projetos para a AB Nascentes das Gerais e, então, em até 15 dias, um representante desta última virá ao município para estabelecer o que será implantado nos bairros convocados.


Rosélia Silveira acredita que esse programa será muito benéfico aos bairros que margeiam a rodovia MG-050. “A expectativa nossa é que as propostas apresentadas sejam acatadas como um todo, vamos aguardar o retorno da concessionária para a gente realmente ver o que pode ser feito”, disse ela. A mulher aproveitou a oportunidade para evidenciar que a decisão da empresa de ouvir os moradores é importante, e que eles estão “bem empenhados em estar cobrando, sim, o que é o melhor para nós”. Assim, ela concluiu com o desejo de estreitar as relações entre a população e os responsáveis pelas obras no local. “A expectativa dos moradores é muito grande de que a gente tenha uma relação mais próxima com a AB Nascentes das Gerais, com o Estado, em relação a essas intervenções que vão passar por aqui”, disse. 

 

Comentários

Voltar

Veja também