Notcias

Hoje 31 de maio, comemora-se o Dia Mundial sem Tabaco

Dia Mundial sem Tabaco: 85% dos casos de câncer de pulmão estão associados ao consumo de derivados de tabaco

09:31:49, MAI 05, 2021 Atualizada em // s Fonte:

 

 

Dia Mundial sem Tabaco: 85% dos casos de câncer de pulmão estão associados ao consumo de derivados de tabaco

No dia 31 de maio comemora-se o Dia Mundial sem Tabaco, data que visa conscientizar a população sobre os males provenientes do tabagismo, reconhecido como uma doença crônica causada pela dependência da nicotina presente nos produtos à base de tabaco.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde – OMS, o tabaco mata mais de 8 milhões de pessoas por ano. Mais de 7 milhões dessas mortes resultam do uso direto desse produto, enquanto cerca de 1,2 milhão é o resultado de não-fumantes expostos ao fumo passivo. Informações do Instituto Nacional de Câncer – INCA apontam que no Brasil 443 pessoas morrem a cada dia por causa do tabagismo.

O tabagismo é uma doença causada pela dependência física à nicotina, uma substância psicoativa que por meio de alterações no Sistema Nervoso Central libera a dopamina, neurotransmissor que emite a sensação de prazer, e causa aproximadamente 50 doenças diferentes, dentre elas o câncer de pulmão, estômago, bexiga, fígado, colo do útero, esôfago, rins, laringe, boca, faringe e leucemia mieloide aguda, e doenças cardíacas.

Cigarro eletrônico e narguilé
A venda de cigarros eletrônicos é proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, porém, rotineiramente são vistas pessoas fazendo o consumo do tabaco desta forma. Vale lembrar que o cigarro eletrônico também tem nicotina e não ajuda a parar de fumar, conforme pensam os tabagistas. Uma sessão de narguilé equivale ao consumo de 100 cigarros fumados em quantidade de nicotina. O fumo que é colocado junto com o carvão contém as mesmas substâncias químicas do cigarro. Gera dependência em função da alta quantidade de nicotina.

Como parar de fumar
Ter vontade de parar e procurar orientação de um especialista é o primeiro passo. Hoje existem no mercado diversos métodos que podem auxiliar, como goma de mascar com nicotina, skin paches (adesivos que liberam nicotina), spray nasal, inalantes e drogas que auxiliam nas crises de abstinência.

Comentrios

Voltar

Veja tambm