Notcias

OMS ALERTA SOBRE NOVA ONDA DE COVID-19 E PEDE A VOLTA DE MEDIDAS DE PROTEÇÃO

MEDIDAS DE PROTEÇÃO

16:14:59, JUL 07, 2022 Atualizada em // s Fonte:

 

A Organização Mundial da Saúde disse que o mundo precisa se preparar para uma nova onda de casos de covid-19 pelo mundo, que será causada pelas subvariantes da cepa ômicron. O diretor-geral da instituição, Tedros Adhanom Ghebreyesus, pediu para que países voltem a impor protocolos de proteção para conter o avanço do vírus.

As falas foram feitas durante coletiva de imprensa na sede da OMS, onde membros da instituição disseram que a nova onda pode aumentar o número de casos e mortes no planeta.

“Novas ondas do vírus mostram que a pandemia de covid-19 não está nem perto do fim”, disse Tedros, que disse estar “preocupado com uma tendência crescente de mortes”.

Ele também defende que países voltem a adotar protocolos de proteção contra a doença, como o uso de máscaras.

A Europa está no centro de uma nova onda de casos impulsionada pelas subvariantes BA.4 e BA.5 da ômicron, à medida que o verão no hemisfério norte provoca grandes aglomerações e deslocamento de pessoas.

A OMS está preocupada que, mesmo com o aumento dos casos, a vigilância do vírus e de novas variantes esteja em declínio. Tedros disse que um comitê da OMS reiterou que a covid-19 continua sendo uma emergência de saúde pública de interesse internacional – a classificação oficial para uma pandemia, segundo a agência.

Segundo a OMS, muitos governos estão preocupados com a subvariante BA.5, mas ressaltou que até o momento não há evidências até agora de que essa mutação é mais grave do que as outras que surgiram da ômicron, nem que fuja da cobertura vacinal dos imunizantes disponíveis.

Ainda assim, “o vírus está se espalhando em ritmo muito intenso globalmente”, mesmo com a vigilância diminuindo, disse Maria Van Kerkhove, diretora-técnica da OMS para a covid-19 em coletiva.

Comentrios

Voltar

Veja tambm